A terapia da Polaridade

A Terapia da Polaridade foi inserida no mundo Ocidental pelo osteopata e naturopata Doutor Randolph Stone através de extensa pesquisa e vivência das antigas culturas da Medicina Oriental. Em 1950 estabeleceu-se na Índia para estudar esses métodos de cura e desenvolveu o princípio da polaridade humana o que lhe possibilitou na criação de uma forma maravilhosa e eficaz de tratamento através da energia vital e do campo eletromagnético da pessoa.

O Princípio da Polaridade: assim como a terra e o sol têm pólos magnéticos norte e sul, também nossos corpos os têm. De fato, tudo o que fica na parte de cima do planeta tem uma carga positiva(+) e uma carga negativa(-) na base.

Os padrões de polaridade no corpo seguem os princípios eletromagnéticos encontrados por toda a Natureza

  • a parte alta do corpo tem carga positiva
  • a parte dos pés tem carga negativa
  • o lado direito do corpo tem carga positiva
  • o lado esquerdo do corpo tem carga negativa

Quando os pólos positivo e negativo de magnetos são postos juntos, há uma corrente de atração entre eles. Igualmente, a energia de polaridade é dirigida magneticamente ao longo de uma das linhas de força existentes no corpo sutil para alinhar e restabelecer as polaridades vitais do corpo.

Sendo assim, o terapeuta massagista de polaridade atua no sentido de restabelecer o fluxo das linhas eletromagnéticas através da aplicação correta da massagem, ou seja, entre os pólos estabelecidos no corpo da pessoa utilizando procedimentos adequados com suas mãos que acentuem os fluxos de carga positiva e negativa formando uma corrente eletromagnética necessária para o restabelecimento das energias sutis do corpo.

As Linhas Sutis do Corpo:

Em cada lado do corpo circulam cinco longas correntes verticais de energia. Do lado direito, elas fluem para baixo, pela frente do corpo, e sobem pela parte de trás; do lado esquerdo, elas fluem para cima, pela frente do corpo e descem por trás.

Essas linhas sutis que permeiam o corpo estão ligadas aos chakras (vórtice rodopiante de energia que gira no sentido horário quando visto por trás), ou seja, centros de energia distribuído pelo corpo que alimentam de energia vital glândulas e órgãos correspondentes aos seus locais de atuação. Os chakras geram um fluxo ascendente e um descendente de energia, formando as longas correntes verticais de energia demonstradas na figura ao lado.

Esses chakras funcionam como fonte impulsionadora de energia para a pulsação dos cinco elementos que regem o corpo sutil, pois a qualidade de energia de cada chakra está ligada diretamente a um tipo de elemento que funcionam por sua vez como ponte entre o físico e a mente regendo as expressões físicas das atividades emocionais.

Segundo o Dr. Stone toda vida é pulsação, movimento. Se não houver movimento não haverá vida. Seguindo essa premissa compreendemos que todo processo desarmônico pode estar ligado diretamente a bloqueios de energia, ou seja, alteração do fluxo de energia ao longo das linhas sutis, dos chakras e/ou dos elementos.

O terapeuta da polaridade através de simples manipulação com impostação de mãos e suave massagem pode restabelecer a ordem harmônica do corpo.

Benefícios gerais -durante a sessão:

  • relaxamento da musculatura
  • alívio de dores em geral
  • liberação da tensão emocional
  • tranqüilidade com sensação de paz profunda
  • reposição de energia vital – disposição;

Após a sessão de massagem:

  • limpeza orgânica (pele, urina, intestino e mucos)
  • ativação do sistema circulatório e linfático
  • melhora na capacidade respiratória
  • melhora na flexibilidade das articulações e correção postural
  • sono reparador
  • tranquilidade
  • liberação de bloqueios emocionais
  • percepção corporal e capacitação emocional
  • vitalidade e disposição geral
  • gerenciamento do Estresse.

A Terapia da Polaridade é uma ferramenta de trabalho útil a todo e qualquer profissional em Bioterapia, é de boa aceitação por quase todas as pessoas especialmente aconselhável para pessoas que sentem dificuldade em receber o toque como o da massagem (não se faz necessário a exposição do corpo nu).

Para quem tem receio de um contato mais profundo ou para pessoas que por algum motivo não podem receber massagem (alergias, artrites, artroses, osteoporose, intensa tensão emocional).
Autores citados:.A.Siegel e R. Gordon